Dicas infalíveis de como economizar combustível e reduzir em até 35% o consumo

Dicas infalíveis de como economizar combustível e reduzir em até 35% o consumo

De acordo com pesquisas feitas pela EXAME.com, em parceria com a consultoria automotiva Jato Dynamics, os gastos com combustível ao ano pode variar entre R$2.890 e R$7.390. Agora imagine que com algumas mudanças nos seus hábitos de direção e manutenção do seu carro, esses gastos podem cair em até 35%.

Mas antes, é bom saber que algumas variáveis são determinantes para o quanto de economia você conseguirá atingir, como a potência e o tamanho do motor.

Agora vamos ao que interessa: Como chegar ao máximo de redução do consumo?

1. Use menos o ar-condicionado!

Procure estacionar o carro em um local com sombra, evitando que seja necessário o uso do ar-condicionado quando retornar. Outra coisa: está perto de chegar ao seu destino? Desligue o ar-condicionado. Não é tão doloroso assim… É só se adaptar e pensar que o ar-condicionado pode chegar a consumir 20% do combustível.

2. O peso do veículo!

Lembra daquelas aulas de física no ensino médio? “Força = massa x aceleração”? Não? Vamos lá: quanto mais pesado seu carro estiver, mais força ele vai precisar para se deslocar e combustível ele vai gastar. Então evite levar coisas desnecessárias dentro do carro, ou somente quando for de extrema necessidade.

3. Dirija mais devagar!

Para os amantes da velocidade e que querem economizar, aqui vai uma má noticia: quanto maior velocidade, maior o consumo de combustível! Não precisa andar devagar, basta apenas dirigir numa velocidade média, respeitando os limites da via e que possibilite você trafegar com segurança e de forma tranquila, sem atrasos e ainda economizando.

4. Reduza o peso do pé!

Estranho, né? Pois saiba que acelerar com força (ou colocando muito peso no pé) é um dos grandes vilões na hora de economizar gasolina (ou outro combustível). É preciso saber a hora de acelerar e, o mais importante, a aceleração deve ser feita da maneira mais suave e mais leve possível. Então tenha atenção quando for pisar! Com o jeito certo você atinge a velocidade necessária e não gasta mais por isso.

5. Tempo certo!

Ainda na saga dos grandes vilões, chegou a hora da troca de marcha. O tempo certo é importante para o sucesso da economia de combustível! Se você troca de marcha antes da rotação mínima ou então se demora demais pra trocar, o consumo será muito maior. Mas se você não lembra ou não sabe a velocidade para passar determinada marcha, procure o Manual que veio com seu veículo e tire todas as duvidas.

6. Cuide dos pneus!

Um clássico: carro com os pneus desalinhados e/ou mal calibrados! Com o pneu baixo, aumenta o atrito do pneu no solo e causa maior consumo. Junto com a falta de alinhamento e balanceamento, é alerta de prejuízo na certa! Fique atento, que quanto maior tempo você demorar para fazer a manutenção, mais você gastará com combustível, além de arriscar ter outros problemas no veículo.

7. Troca do Filtro do óleo e Filtro de Ar!

O filtro de ar sujo dificulta a passagem do ar para o motor e prejudica a mistura do ar com o combustível. Além disso, um óleo de má qualidade ou vencido fará você gastar muito mais e ainda provoca o aquecimento do motor (podendo causar prejuízos maiores). Fique sempre atento as instruções do manual do veículo para manutenção, lembrando que, caso você utilize o carro em condições severas como ambientes de estrada, areia e etc, a troca poderá ser necessária antes do tempo estimado no manual.

08. Posto de confiança!

Atenção para aquele preço de gasolina muito baixo, ou posto de aparência duvidosa A utilização de combustível adulterado gera grandes prejuízos ao seu carro, não só no consumo. Se seu carro for flex, vale calcular qual tipo de combustível é mais vantagem no momento (levando em conta o preço e o consumo).

09. Evite ficar com carro parado e ligado!

Você sabia que seu carro ligado quando parado pode chegar a gastar de um a dois litros de gasolina por hora? Pois bem: aqueles engarrafamentos longos durante a ida e volta do trabalho custam muito. Além do tempo, custam dinheiro! Se percebeu que está tudo parado, desligue seu carro. Você gastará menos ligando novamente do que deixando-o ligado.

10. Peças Originais!

Sabe aquele ditado: “Uma laranja podre pode estragar todo cesto”? Vale para quando você for comprar uma peça do seu veículo. Ao adquirir uma que não é original, você deixa todas as outras em risco. A falsa vantagem da genérica termina na falsa impressão que você vai gastar menos, sendo que por sua baixa qualidade, a troca tornará rotina. Quando você opta por uma peça original, você vai prezar pela segurança, além de uma melhoria comprovada no desemprenho do veículo e consequentemente terá a vida útil do carro aumentada, pelo fato da peça ter um tempo de desgaste mais lento. Na hora escolher uma peça para seu carro, escolha uma original e evite maiores dores de cabeça.

Agora coloque em pratica essas dicas, compartilhe e conte para a gente a experiência.

com Sem Comentários. 0

Artigos Relacionados

Nenhum artigo encontrado com estes critérios